Pouco caso…

Deixados de lado?!?Pelo menos, é o que parece, já que eu e o Toninho passamos a manhã de ontem inteirinha levantando algumas informações pro pessoal aqui da seção, e também parte do dia de hoje, tudo pra, na hora de validar, sermos deixados literalmente em segundo plano.

É complicado que isso aconteça, porquê existem mais e mais coisas que precisamos fazer, além deste levantamento, e, caso ele não fosse mesmo importante, seria melhor ter dito que era pra esquecer o assunto. Cada vez que tentamos validar os dados, alguém nos interrompe, e tudo o que ouvimos é Só um instantinho, ou É rapidinho, e fica por isso mesmo… Espero que isso não continue.

em Etc | 118 Palavras

Dia da caça

Vocês conhecem, certamente, aquele ditado Um dia é da caça, o outro, do caçador. Normalmente temos mais dias de caçador, mas desta vez tivemos um dia da caça, na Indonésia: Um pescador local morreu afogado ao tentar eletrocutar peixes.

O pescador utilizava em seu barco um gerador de fabricação caseira, que disparava na água pequenas descargas elétricas que tinham como objetivo deixar os peixes tontos, facilitando sua captura. Ele tomou uma descarga elétrica da própra máquina, caindo na água, e tendo seu corpo encontrado depois por moradores do local.

em Etc | 99 Palavras

Copo babão?

Esqueci de comentar aqui em tempo, mas ontem, quando fomos almoçar, o Toninho, o Renó e eu, o Renó foi sorteado na loteria das coisas impossíveis de acontecer. Digo isso porquê o copo dele estava furado, o que provocou uma verdadeira lambança de suco de uva em cima da bandeja dele.

Pra concluir tudo, depois que ele usou os guardanapos que tinha pêgo pra tentar limpar, em minha opinião as coisas pioraram um pouco. Tinha um estrangeiro sentado do lado da gente que, inclusive, ficou se contendo um pouco, querendo dar risada. Mas fala sério, gente… entre centenas – talvez milhares – de copos de plástico, pegar um que estava exatamente furado? Faz isso mas não se ganha prêmio na loteria, não é?

em Etc | 132 Palavras

The Dancing Lula

Há alguns dias atrás no Blog do Hiro, vi um link que levava para uma página onde podia-se brincar com o chamado Dancing Bush. Pra não ficar pra trás, nossos compatriotas tupiniquins também colocaram nosso novo presidente na dança e criaram o Dancing Lula. E olha que ele dança aquela música antiquíssima do Snap (alguém lembra deles?), The Power… I want the power! Imperdível!

em Etc | 75 Palavras

Cigarrinho do Capeta

Foi a leilão esta semana um lote de pertences do ex-Beatle John Lennon. Entre os pertences, uma curiosidade: a caixa onde John guardava maconha, que encalhou por não atingir o valor mínimo estipulado, que era 25 mil libras, ou cerca de 40 mil dólares.

Fala sério, gente… Quem é que iria se interessar por uma coisa dessas, por mais rara que seja? Tudo bem que ainda houve uma oferta, mas de apenas míseras 15 mil libras, o que não chega hoje a 24 mil dólares. Absurdo, isso. Mas, outras coisas venderam, como uma letra de música escrita à mão (Steel and Glass), por 15 mil libras. Também houve uma venda de uma carta de emprego de 1959, que dizia que John não tinha o perfil adequado para trabalhar em uma usina hidráulica. Já imaginaram que músico o mundo teria perdido?

em Etc | 147 Palavras

Correspondência atrasada…

Pegar correspondência fora da data na portaria do prédio dá nessas coisas, mesmo. Recebi um envelope da operadora de TV por assinatura falando de uma entrevista com J. K. Rowling, a criadora de Harry Potter, no People+Arts.

Eu adoraria ter visto a tal da entrevista, mesmo porquê sou viciado fanático pela série de livros do menino bruxo. Acontece que já era pra mim… O programa passou em 16 de novembro último, às 20hs, e foi reprisado – uma única vez, logo em seguida, à meia-noite. Vai ficar, infelizmente, pra próxima…

em Etc | 96 Palavras

Estacionamento do Shopping – A missão

Vereadores, Associação Comercial, Associações de Amigos de Bairro, e mais uma série de outras entidades, além da própria população em geral de São José dos Campos se juntaram para criar o Dia de Boicote ao CenterVale Shopping, que começou a cobrar pelo estacionamento ontem.

O site, que está hospedado em um provedor gratuito, como é o caso do meu blog, por exemplo, contém um panfleto que está sendo distribuído à população, alertando sobre o dia 22 de novembro próximo, quando será feita uma grande manifestação em frente ao shopping, e pede-se que ninguém compareça ao local (exceto, talvez, pelos que trabalham ali). Resta saber se a iniciativa vai pegar, já que em outras regiões do país, dentro e fora da Capital e do estado de São Paulo, a cobrança é uma realidade já há tempos. Vamos ver no que vai dar…

em Etc | 157 Palavras

O supercomputador da IBM

No final de 2005, quando dois supercomputadores que serão desenvolvidos pela IBM estiverem prontos e em operação, o Blue Gene e o ASCI Purple terão poder de processamento maior do que os 500 supercomputadores mais poderosos do mundo já desenvolvidos até hoje.

O projeto da gigante dos computadores custará ao governo americano cerca de US$ 290 milhões, sendo que ambos ficarão instalados na Califórnia, no Lawrence Livermore National Laboratory. As duas máquinas contarão com 130 mil processadores da IBM instalados em seu interior, o que permitirá o processamento de até 360 trilhões de operações por segundo.

O ASCI Purple, que será construído primeiro, terá uma velocidade de 100 teraflops. Alguns cientistas dizem que essa velocidade é comparável à velocidade de processamento do cérebro humano. Ele será usado para a simulação de testes nucleares, e do envelhecimento deste armamento, que está sendo estocado pelos EUA. O Blue Gene, por sua vez, irá ser utilizado pelo Departamento de Energia norte-americano.

em Etc | 165 Palavras

EUA incluem o Brasil na lista da pirataria

Os ucranianos encabeçam uma lista de pirataria de CD’s, livros, fitas de vídeo e software, juntamente com mais 53 países, dentre os quais o Brasil. A lista foi preparada pela Representação de Comércio dos Estados Unidos, e atesta que no Brasil o principal produto pirateado é mesmo o CD, tanto de música quanto de computador.

Em 2001, foram perdidos US$ 302 milhões em pirataria pelas empresas americanas aqui no Brasil, no que diz respeito a CD’s. Outro grande setor com perdas foi o de programas de computador, com US$ 272 milhões. Acontece que se os EUA querem mesmo montar uma lista têm que considerar a grande transferência de coisas via redes P2P – aí a lista vai ter muito mais que 54 participantes.

Imagino também que uma grande parte da pirataria venha de fontes internas, quero dizer, a própria população americana deve piratear algumas coisas, fazendo com que suas próprias indústrias percam algum dinheiro. Afinal de contas, no Brasil é assim. Com o preço de um CD girando em torno de R$ 30, quem pode piratear, pirateia mesmo.

em Etc | 187 Palavras