em Couch potato

Projeto Coelho Branco

Descobri esta semana, meio que por acaso, a série White Rabbit Project, produção original da Netflix que me foi sugerida com 90% de chance de combinar com meu gosto por programas de TV — confesso, aliás, que até agora os algoritmos mágicos da Dona Netflix estão acertando mais do que errando!

Mas também pudera: White Rabbit Project, que foi disponibilizada em 10 episódios e estreou já há tempo considerável, em 09 de dezembro de 2016, é apresentada por Kari Byron, Tory Belleci e Grant Imahara, o trio que auxiliou Adam Savage e Jamie Hyneman na série Mythbusters, que aqui no Brasil ficou conhecida como Os Caçadores de Mitos.

Se esta não é minha série favorita de todos os tempos, ela passa muito perto: sempre achei muito divertido acompanhar essa turma detonando mitos e explodindo coisas pelo caminho, e me entristeceu de verdade a notícia de que a produção chegaria a seu fim.

Embora White Rabbit Project não seja exatamente 100% sobre experimentos científicos — o formato do programa apresenta sempre seis eventos, como assaltos milionários impensáveis, fugas da cadeia sensacionais, os maiores charlatões da história, entre outros, para os quais os próprios apresentadores sugerem pontuações e definem o vencedor — ainda é possível ver os três construírem uma ou outra engenhoca aqui e realizarem uma experiência acolá, no estilo do programa Mythbusters.

Para mim, esses são ingredientes suficientes para muita diversão: tanto que já detonei 100% dos episódios disponíveis e estou no aguardo de uma segunda temporada, que eu espero que a Netflix disponibilize, já que gastou uma boa grana na primeira temporada, ao investir em tema e formato até então inéditos para a empresa. Resta esperar…

Escreva um comentário

Comentário