Magic Touch

Se tem uma coisa que eu adoro são os jogos de celular que classifico como time wasters. Perfeitos para quando você está na fila do banco, do supermercado, ou mesmo esperando que o médico te chame para que finalmente você possa passar pela sua consulta.

Um dos mais recentes jogos deste tipo que conheci chama-se Magic Touch: Wizard for Hire, disponível — gratuitamente — tanto para dispositivos Android quanto iOS. Nele, você assume o papel de um mago que tem que defender um castelo do ataque incessante de paraquedistas robóticos que querem invadi-lo.

Como você faz isso? Furando balões. Desenhando na tela do celular, com seus próprios dedos, conforme os padrões existentes em balões utilizados pelos robôs inimigos. Existem os padrões simples, como as letras V ou Z, e existem, é claro, os padrões mais complicados, úteis para nos dar nó na cabeça à medida em que a velocidade do jogo aumenta.

Para ajudar com a tarefa, nosso mago também conta com um livro de feitiços, que vão sendo liberados conforme você coleta moedas que os robôs soltam quando caem. Estes feitiços são padrões diferentes, que podem ajudá-lo seja tornando o jogo mais lento, explodindo inimigos ou transformando-os em sapos — só pra dar alguns exemplos.

Se um dos robôs tocar o chão, é game over. A diversão — e a irritação de alguns — está em conseguir o maior número de pontos antes que a velocidade se torne muito alta, ou que sua coordenação motora falhe — e ela vai falhar eventualmente, mesmo que você use as suas duas mãos, o que é perfeitamente permitido pelo jogo.

Tintin no ar…

Duas coisas que gosto muito foram combinadas neste começo de abril: As Aventuras de Tintin, personagem criado pelo cartunista belga Hergé, que eu acompanho desde que me conheço por gente, e aviação.

A Brussels Airlines acaba de aplicar a um Airbus A320 uma pintura que lembra o submarino em forma de tubarão do livro O Tesouro de Rackham, o Terrível. Batizada, obviamente, de Rackham, a aeronave não tem apenas o exterior pintado: as paredes traseiras do interior da cabine também foram adornadas com imagens de Tintin e seu eterno companheiro de aventuras, Capitão Haddock. Além disso, o toque de mestre está no fato de que o livro que inspirou a pintura está disponível para leitura à bordo, em francês, inglês e holandês.

Hergé nunca foi pintado na fuselagem de um avião antes. A idéia da Brussels Airlines veio da possibilidade de representar Tintin, criado em Bruxelas, na Bélgica, como um verdadeiro embaixador do país. Justa homenagem à Hergé.

Ah… para quem usa o FlightRadar24, a matrícula da aeronave é OO-SNB. Dá pra acompanhar os vôos, seja via web, iOS ou Android 😉

[su_note note_color=”#ffd766″]ATUALIZAÇÃO [17/09/2015]: De acordo com o site oficial do Tintin, desde sua viagem inaugural, em março, o Rackham já registrou mais de 975.000 km em vôos, o que representa impressionantes 2 vezes e meia a a distância entre a Terra e a Lua, que é de 384.467 km.[/su_note]