em Nerd

Neil Armstrong: Quando estatística e coincidência se encontram

Neil Armstrong, o primeiro homem a caminhar pela superfície da Lua, em 20 de julho de 1969, morreu hoje aos 82 anos, depois de sofrer com complicações provenientes de uma cirurgia em seu coração,   qual ele tinha se submetido este mês.

Armstrong has been immortalized in human history as the first human to set foot on a celestial body beyond Earth. “That’s one small step for a man, one giant leap for mankind,” he radioed back to Earth from the moon on July 20, 1969.

Neil Armstrong

Mais do que para lembrar do feito histórico de Neil, talvez um dos maiores heróis que a humanidade já viu, e para homenageá-lo, resolvi escrever este texto por um motivo mais peculiar. É que, ao saber da notícia acima, de uma maneira bem trivial, aliás — enquanto verificava notícias interessantes no Digg —, vivenciei uma grande coincidência.

Eu explico.

Ontem, enquanto estava bisbilhotando as tirinhas mais recentes do xkcd, resolvi dar uma olhada no blog do Randall Munroe, autor da série. E, vejam só, eis que o último texto que lá estava — publicado em 12 de julho de 2012 — se chama “A morbid Python script“. Vejam abaixo parte do conteúdo do texto escrito por Randall:

Eu destaquei, na figura acima,  os dois motivos da coincidência. Primeiro, listadas como entrada do script de Randall, as idades atuais das únicas 9 pessoas que até hoje já tiveram a experiência de caminhar pela superfície da Lua, com a idade de Neil, 82 anos, e seu sexo (m) atuando como segundo parâmetro.

Na sequência, a resposta do script após sua execução: “Há uma chance de 5% de que alguém (nesta lista) morra em 0,08 anos (em 2012)“. Randall ainda acrescenta uma observação sobre os resultados interessantes referentes aos astronautas:

[yellow_box]Of course, these are based on average death rates based only on age and gender. Adding more specific information about the people in question will refine the calculation. For example, I’d guess former astronauts are more likely to be in good healthââ?¬â?and have longer life expectanciesââ?¬â?than the rest of us.[/yellow_box]

Impressionante.

Escreva um comentário

Comentário