em Crônicas do Cotidiano

Chega de telemarketing II: A Missão

É preciso reconhecer que, ao menos vez por outra, alguns serviços de utilidade pública funcionam. Com meu número residencial devidamente cadastrado no Procon paulista entre os que não aceitam ligações de telemarketing, tenho vivido tranquilamente há mais de um ano.

Eu, que já havia mencionado tal cadastro antes, até achei estranho o fato de ter recebido duas ligações deste naipe esta semana. Acontece que me dei conta de que uma delas foi recebida em meu telefone celular, enquanto que a outra, em meu telefone comercial.

Foi quando me ocorreu de revisitar o cadastro que eu havia feito no ano passado. O meu número de celular, que foi trocado neste meio tempo, não estava cadastrado, e por isso precisei fazer a alteração. Com sorte, dentro de no máximo 1 mês, não precisarei mais me preocupar com a questão.

A única chateação, infelizmente, ficará por conta do número de telefone comercial: Para impedir as ligações de telemarketing, a lei nos obriga a ser titulares da linha em questão. Bem que poderiam fazer uma emendazinha, permitindo que fiéis usuários também tivessem o direito. Bem que poderiam.

Escreva um comentário

Comentário