em Podcast

Back-up Cast #002: Twitter Corporativo e Padre Voador

Senhoras e senhores, apresento a vocês a segunda edição do Back-up Cast.

Sim, ela veio!! E veio comigo tentando corrigir uma série de problemas com o som e com o chiado do microfone na edição anterior. Eu espero ter conseguido, porquê afinal de contas, nesta edição eu estou falando um pouco sobre o uso do Twitter corporativamente, ou seja, por empresas. Isso não sem antes falar do meu beta tester de podcasts e também do Padre Voador, desaparecido no último dia 20 de abril.

Assim como eu fiz da primeira vez, segue uma lista com os links que eu considero relevantes ou que complementam dados em relação ao conteúdo deste novo podcast. Na verdade, muito do que eu utilizei no roteiro que segui saiu de mesclas e adaptações com a minha visão a respeito destes conteúdos.

Por favor, não se esqueçam de me dizer se gostaram!

[ratings]

Escreva um comentário

Comentário

  1. Excelente salto de qualidade sonora Daniel, muito bom mesmo, o caminho é este =) Gostei da pauta também, aproveitei e sai procurando por empresas aéreas no twitter, em vão, claro.

    A ressalva dessa vez fica com relação a altura do som de fundo, achei excessiva, a ponto de dificultar escutar a sua voz em alguns momentos. Bom, ia pedir (de novo) para você se soltar mais, mas com filho dormindo e uma gripe a tira colo fica bem difícil =)

    []

  2. @kadu: Cara, obrigado pelo retorno, de verdade 🙂 Não é fácil mas a gente vai aprendendo, né? Vamos ver se os próximos ficam melhores ainda…

    Com relação a outras empresas aéreas no Twitter eu também vou dar uma olhadinha e até posso mencionar isso no próximo Back-up Cast… mas é legal ver os caras usando algo que eu nem pensaria a favor de um negócio, né?

    Realmente, fica complicado pra que eu “me solte” mais nessas circunstâncias… mas eu vou me esforçar mais, prometo!

    Valeu, abração!

  3. Opa Daniel!

    Ouvi pela primeira vez seu podcast e primeiro de tudo, parabéns pela iniciativa! Em relação ao podcast em si, a única sugestão que daria (mas é uma questão subjetiva!) seria você se soltar mais um pouco… mas acho que com o tempo isso virá naturalmente 🙂

    Sobre um dos assuntos tratados, faça-me o favor! O que tem de revolucionário numa empresa responder com atenção e rapidez seus clientes? Só pra dar um exemplo a sky tv tem chat para os clientes tirarem dúvidas, perguntarem e etc…

    Uma equipe respondendo os e-mails também produziria o mesmo efeito!

    A única novidade na empresa de aviação é usar o hype! Fala sério! Tudo que a empresa pode fazer com o twiter pode fazer com outras ferramentas e melhor!

    Pra mim, tirando as API dos serviço, é uma hype dispensável e que pode ser bem substituido pelo blogue (criando-se uma categoria para microtextos), pelo mensageiro instantâneo ou pelo bom e velho e-mail!

    Uma empresa brasileira que tem usado o hype, digo twitter, é o boo-boxc… o marco esvreu sobre lá no blogue dele!

    Sobre o vôo do padre, os seus textos devem está sendo super acessados por conta do infortúnio dele!

    Ele se empolgou com os primeiros vôos e negligenciou regras básicas de segurança e planejamento de aventuras… Ele seguiu a risca uma regrinha dos anos 60: Viva depressa e morra depressa!

    Espero pela terceira edição! Abração

  4. @Sérgio F. Lima: Opa Sérgio!! Cara, me desculpe pela demora na resposta, mas eu estou até a tampa com coisas pra fazer… com relação à hype do Twitter, pensando bem, você tem razão. Acho que o uso da ferramenta poderia ser bem substituído por outra coisa qualquer, de repente até com eficiência maior.

    No entanto, minha empolgação tem a ver mais especificamente com a JetBlue, já que eles têm um perfil inovador e são uma empresa formada por jovens. Acho que por isso eles resolveram embarcar na hype, tal como qualquer adolescente

    Obrigado pelo prestígio 🙂 Abração!

  5. @Neto: Não se envergonhe, eu entendo… vou até confessar que queria um feedback seu desde o começo, mas li seu blog recentemente e sei que a falta de tempo é um problema (pra mim, também).

    Pra você ter uma idéia, estou com vários drafts no blog e não estou tendo tempo pra mexer com nenhum. O terceiro podcast, por exemplo, acabou saindo atrasado… espero que melhore pra nós dois, hehehehe.

    Abração, cumpádi!!

  6. Oi, Daniel,

    vim ouvir bem atrasada os podcasts novos. Acabei de ouvir este e não ouvi o terceiro ainda, vou ouvir em seguida.

    Vou me juntas às outras vozes que já disseram que a qualidade do som em termos de chiado realmente melhorou bastante, mas as músicas de fundo atrapalharam bastante também. Na minha opinião, em 2 aspectos:

    1. O som ficou muito alto, eu até achei que era alguma música tocando em algum outro site que eu tinha aberto, até me dar conta que não, que era do próprio podcast. Como não ouvi o terceiro ainda, talvez você já tenha ajustado isso.

    1. Pra mim ficou um pouco estranho você falando do acidente do padre com uma música super alegre atrás. Acho que neste trecho não deveria ter música de fundo de tipo algum.

    De resto, acho que você já se soltou mais um pouco – ainda dá pra melhorar, mas realmente, com a limitação do seu filho dormindo fica complicado. Dá pra melhorar até certo ponto. Mas todos nós entendemos e continuamos a te ouvir mesmo assim. 🙂

    Com esta limitação em mente, você pode tentar articular melhor as palavras pra compensar.

    Bom, vou ouvir o terceiro e comentá-lo também.

    Siga em frente, eu particularmente estou achando muito legal o que você está fazendo. Sei que foi um conselho que eu própria te dei, mas seguir este tipo de conselho requer coragem e autenticidade e as duas coisas você tem de sobra. Show!