Novo WordPress 2.5: Problemas e soluções

Acaba de sair do forno a muito aguardada versão 2.5 do WordPress. Mantendo a tradição de versões anteriores, esta recebeu o codinome Brecker, em homenagem póstuma ao saxofonista e compositor de jazz americano Michael Brecker, falecido no ano passado.

De qualquer forma, mal saiu a notícia e eu fui logo tratar de seguir os três passos básicos para fazer a atualização do meu site. Poucos instantes depois já contava com o novo dashboard da ferramenta, sem que nenhum problema tivesse ocorrido, ao menos na atualização. Para quem ainda não sabe, só nesta nova versão, de acordo com a nota oficial publicada pelo Matt Mullenweg, foram dispendidos esforços de mais de seis meses de codificação. Ainda segundo a nota oficial, tudo isso culminou em uma série de modificações para os usuários finais ansiosos, como você ou eu.

Vou comentar por aqui o que eu achei da nova versão, e principalmente que problemas eu encontrei e tive até agora, além das devidas soluções já encontradas!

Novo painel do WP2.5

A primeira dessas mudanças, como deve ser do conhecimento pelo menos de alguns de vocês, diz respeito ao Dashboard, ou Painel Administrativo do WordPress. Matt comenta no post de lançamento da nova versão que a idéia por trás do redesenho da sua interface foi torná-la mais simples e mais rápida, permitindo o foco diretamente naquilo que importa, ou seja, as operações do blog, sem complicação. Na minha opinião esse redesenho — que teve o apoio de especialistas da Happy Cog — ficou muito bom. A única coisa que eu sou obrigado a admitir é que eu não gostei muito do novo esquema de cores. Nada que uma visita às opções de usuário não resolva, no entanto, pois é possível usar o esquema de cores antigo, embora o layout fique diferente do que era até a versão 2.3:

Esquema de cores

Segunda mudança: A página de plugins agora além de avisar que existe uma nova versão disponível para um plugin, permite sua atualização automática. Quando eu fui fazer a atualização de alguns plugins, no entanto, recebi uma mensagem de erro referente a uma classe do PHP: Fatal error: Cannot redeclare class pclzip. Felizmente, a correção no meu caso foi simples: O plugin WordPress Automatic Upgrade, que eu uso, também utiliza a classe pclzip , e desabilitá-lo fez com que a atualização ocorresse normalmente para todos os plugins que eu tenho instalados, um a um.

ATUALIZAÇÃO 1: Em tempo, o autor do WPAU também atualizou o seu plugin: Combateu o problema com a biblioteca pclzip. A nova versão é a 1.0, e pode ser atualizada automaticamente, segundo consta, sem maiores problemas.

Upgrade automático de plugins

Mudando de assunto, gostei do suporte nativo ao Gravatar na nova versão do WordPress sem a necessidade de plugins pra isso. A Automattic havia comprado o serviço, e agora a integração está não apenas nos temas, mas dentro do dashboard, em vários locais. No entanto, no caso dos temas, é necessário que os desenvolvedores daqui por diante façam uso de uma função específica para obter esse suporte, a get_avatar . Sem essa função, mesmo com o suporte ao Gravatar habilitado — o que é padrão no WP 2.5 —, nada feito: Seu blog vai ficar sem as imagens que identificam os usuários através do e-mail, exceto no dashboard.

Gravatares nativos!

Neste caso, enquanto se espera por temas que estão em desenvolvimento, há duas opções: Se você, assim como eu, se sente confortável editando seu próprio tema, basta abrir o arquivo comments.php , e lá inserir o seguinte bloco de código onde quiser que o Gravatar apareça:

if (function_exists('get_avatar')) {
echo get_avatar( get_comment_author_email(), '80' );
}

Deve-se lembrar que o parâmetro 80 no bloco de código acima é o tamanho desejado para o avatar, e pode ser personalizado conforme sua preferência.

Caso você não se sinta a vontade em editar seus próprios arquivos, ou não conheça nem um ponto-e-vírgula de PHP, pode recorrer a um plugin fantástico de um dos co-desenvolvedores do WordPress, o Easy Gravatar. Uma vez instalado e habilitado, os avatares aparecem automaticamente ao lado dos comentários, e podem ser configurados pelo painel/dashboard.

Falando em plugins, esse é um outro assunto que me dá medo normalmente, quando atualizo a versão do WordPress. É praticamente certo que pelo menos um plugin dê problema. No meu caso, fui sorteado com o Popularity Contest, do Alex King, que recém havia instalado por aqui. Ao atualizar o WordPress para 2.5 eu imediatamente percebi que ele havia provocado uma falha geral e não pôde ser ativado. Felizmente encontrei a solução: Editar a linha 59 do arquivo do plugin, substituindo esse trecho de código:

require(’../../wp-blog-header.php’);

…por esse outro:

require(’../wp-blog-header.php’);

Ao salvar o arquivo — já que a edição pode ser feita dentro do próprio painel de administração do WordPress — tudo voltou ao normal e eu pude ativar o plugin novamente.

Esse foi o único problema de atualização que tive com relação a plugins. Todos os outros que ativei — felizmente — funcionaram sem problemas, ou seja, pelo menos neste aspecto a atualização pode ocorrer normalmente.

Outra coisa que eu achei muito legal: Alguns usuários devem se lembrar da briga que foi quando o Dashboard do WordPress parou de mostrar os Incoming Links do Technorati e passou a exibir os do Google Blog Search. Para que a funcionalidade anterior voltasse, até mesmo alguns plugins foram desenvolvidos pelos mais insatisfeitos. Agora, a democracia impera: Ao entrar no painel, é possível editar o feed RSS que se deseja usar para exibir os links feitos para o seu blog. Assim, cada um usa o serviço que mais gosta:

Duas etapas para alterar o Incoming Links

Mudando de assunto, no screencast feito pelo Matt com as novas funcionalidades do painel de criação de artigos, uma mudança fantástica é exibida: O upload de múltiplas imagens e outros arquivos de mídia, como filmes e áudio (para podcasts, por exemplo). Tudo funciona às mil maravilhas, e há um botão que invoca uma caixa de diálogo onde se pode realizar a seleção múltipla de arquivos e enviá-los conforme prometido. A versão usada no screencast é a 2.5 RC 2.

INFELIZMENTE, até agora não consegui fazer isso funcionar de jeito nenhum no meu blog. E olha que usei até reza brava. Não há opção que se possa habilitar em toda a interface de administração para ativar a função, e os fóruns de suporte do WordPress estão lotados com reclamações de pessoas que, como eu, gostariam muito que este recurso estivesse funcionando. Além disso, nem mesmo todas as imagens que eu gostaria de usar para ilustrar esse artigo puderam ser enviadas para o servidor: Um outro problema, também bastante recorrente no fórum nesse momento, exibe uma mensagem de erro, Specified file failed upload test. Na prática a imagem vai para o servidor, mas não é exibida nas dimensões corretas dentro do editor do WordPress.

ATUALIZAÇÃO 2: O problema para fazer o upload de múltiplas imagens — além da mensagem de erro que eu mencionei acima — parece ter sido causado pela maneira como eu fiz a atualização da versão 2.5 do WordPress. Como eu já o tinha instalado por aqui, usei o plugin WordPress Automatic Upgrade, e foi a atualização desta forma que causou o problema. Após ler esta mensagem do fórum de suporte, refiz a instalação completamente via FTP (ou seja, às antigas) e consegui que o botão que aparece no screencast apareça, bem como a barra de progresso e a tela de edição de parâmetros de cada imagem. Todas as imagens deste post comprovam isso.

Choose files to upload

Embora eu pretenda ir atualizando este artigo com o que for descobrindo, vai aqui um conselho: Se você puder ser menos apressado, espere um pouco mais de tempo para instalar a nova versão 2.5 do WordPress. Parece que mesmo seis meses de trabalho para seu lançamento não foram suficientes para a detecção de todos os possíveis percalços. Mas não desmereço a equipe, que é sempre ativa e dinâmica: Vou esperar que logo sejam apontadas soluções para os problemas, pois, por enquanto, nada feito :(

ATUALIZAÇÃO 3: O último parágrafo que eu havia escrito anteriormente já demonstrava minha opinião: A equipe do WordPress é muito atenta e dinâmica, e não demoram a pipocar as soluções, seja a partir deles, seja a partir dos próprios usuários. Retiro o que eu disse anteriormente, e recomendo a atualização o quanto antes para que todos possam curtir os benefícios desta novíssima versão. E tenho dito!

[ratings]
  • http://www.kenmc.com Ken McGuire

    Thanks for stopping by….

  • http://www.open2tech.com Marcos A.T. Silva

    Olá, Daniel! :)

    Puxa, ainda não tive coragem de atualizar o meu. :(

    Quantos plugins mais ou menos você possui instalados? Eu possuo ao redor de 15, e estou literalmente morrendo de medo.

    Penso em utilizar também a última versão do WordPress Automatic Upgrade, apesar de sempre ter preferido atualizar qualquer tipo de aplicativo “na mão”. Mas pelo que andei lendo no site do Keith, já existe uma nova versão do plugin que funciona numa boa, não?

    Sei lá, estou “varrendo” a internet em busca de opiniões e “experiências”, antes de partir pra luta, mesmo…rs É claro que um backup completo resolve qualquer problema, e é fácil voltar pra versão anterior. Mas eu gosto de manter tudo sempre atualizado.

    Vi inclusive pessoas relatando que possuíam plugins que não constavam na lista de compatibilidade do novo WP 2.5, e mesmo assim, estes plugins não apresentaram problema algum após a atualização. Achei estranho, mas…rsrs

    Você sabe se o plugin WordPress Automatic Upgrade desabilita todos os plugins antes de atualizar o WordPress, e depois os habilita novamente, ou isto tem de ser feito na mão?

    Puxa, falei demais, né? rsrs

    Grande abraço! :)

  • http://danielsantos.org/ Daniel

    @Ken: You’re welcome. Your site is pretty interesting and your hint about Alex’s Popularity Contest was terrific for me, so I took the liberty to share it with others… :)

    Best regards!

  • http://www.rodrigoghedin.com.br/ Rodrigo P. Ghedin

    Ótimo relato, como sempre :) .

    Marcos, sugiro a você fazer testes localmente, com o EasyPHP, antes de atualizar pra valer seu blog.

    []‘s!

  • http://danielsantos.org/ Daniel

    @Marcos: Cara, eu possuo 19 plugins ativos no momento. Instalados são bem mais, mas preciso fazer uma faxina. Desses 19, apenas o Popularity Contest precisou de um fine tuning, como eu disse aqui mesmo nesse artigo… de qualquer forma, o que o Rodrigo sugeriu, eu assino embaixo: O EasyPHP pode ser uma boa saída pra fazer os testes, se você tiver algum receio.

    Você está certo. Mesmo estando fora da lista de compatibilidade oficial com o WP2.5, diversos plugins (mesmo entre esses 19 que eu tenho ativos) não apresentaram nenhum problema ao serem utilizados com a nova versão. Isso ocorre também, em parte, porquê o código utilizado não emprega nenhuma função relevante do core do WordPress em si, e também por outros motivos além da minha compreensão, é claro.

    De qualquer forma, a sugestão do Rodrigo vale muito à pena quando você está em dúvida. Em último caso, o WordPress, desde a versão 2.3 pelo menos, avisa sobre qualquer incompatibilidade com um plugin ativado… e assim você não prejudica o seu site…

    Abraço, e volte sempre que quiser, ok?

  • http://www.open2tech.com Marcos A.T. Silva

    Olá, Daniel e Rodrigo!

    Valeu pelas dicas. Segui a dica de vocês, e antes de qualquer coisa, fiz uma instalação local, utilizando o Xampp, pra ver como seria o processo.

    Em seguida, baixei e instalei o plugin WordPress Automatic Upgrade, e fiz a atualização através dele. O plugin é fantástico, e tudo correu numa boa. Não deu pau em nenhum plugin nem tampouco no tema. Que ótimo! :)

    Valeu por todas as dicas, pessoal! :)

  • Pingback: links for 2008-03-31 : WP Brasil: a Lista

  • http://kadu.ducz.com/ kadu

    muito bom o review, só fiquei mais curioso para ver as mudanças do wp. gostei da oportunidade de personalização do incoming links, sem falar na nova interface, que parece ser bem funcional.

    só estou terminando de resolver um problema com a hospedagem sobre o plugin wpau, o server fica em safe mode e o plugin não roda assim, acredito que até amanhã já estarei atualizado =)

    []

  • http://blahblando.com Grasiani

    Atualizei 2 blogs, um com o wpau outro manualmente.
    Ambos estão funcionando, mas ao editar posts, quando vou salvar, ele me redireciona ao 403… em ambos. Vou esperar mais um pouco pra atualizar nos sites em que eu não posso ter problemas =)

    Mas adorei o novo layout do WordPress :D

  • http://www.open2tech.com Marcos A.T. Silva

    Eu só estranhei um pouco a nova dashboard. Sei lá, ficou bem diferente da anterior, mas acho que com o tempo a gente se acostuma.

    Não entendi bem, também, aqueles botões de inserção de mídia. É preciso algo adicional para se poder, por exemplo, inserir um vídeo através deles?

    Abraços! :)

  • Pingback: Wordpress 2.5 - Open2Tech atualizado | Open2Tech

  • http://www.internerd.com.br Andy

    Estou começando um novo blog e já estreei direto no WordPress 2.5. Utilizo o antigo no blog de minha agência e, comparando um com outro, não tenho muitas queixas… Quanto às cores, gostei do novo tema… Só não curti que por aqui ainda está metade em português, metade em inglês… O jeito é ir ajustando manualmente, enquanto não sai uma tradução definitiva…. Abraço!

  • Pingback: Saber é Bom Demais!! » Wordpress 2.5 - Já atualizou?

  • http://www.fabioricardo.wordpress.com Fábio Ricardo

    Pergunta boba: Isso tudo só serve pra quem tem servidor próprio? Ou eu, que uso WP básico, direto da net e sem instalar nada, tbm posso fazer o upgrade e utilizar as novidades?

  • Cindy

    Olá, estou atualizando com WPAU e está ocorrendo esse erro:

    PHP Warning: exec() has been disabled for security reasons in

    Você poderia me ajudar?!

    Obrigada,
    Cindy

  • http://www.animatronic.com.br Jota

    Pergunta indecente de careta em WP: instalei o WordPress Automatic Upgrade fiz os 5 passos, e agora não sai da tela de manutenção!! Por favor como faço pra voltar a normalidade?

  • Dorly

    Belo comentário cara :D

  • http://fascinatte.com lunna

    Boa noite!
    Decididamente não recomendo usar o plugin WPAU pq fiz upgrade do WordPress 2.5.1 e surgiu o mesmo erro com o upload das imagens.

    Já tentei arrumar refiz instalação 4x tanto manualmente como automaticamente e persiste o erro,alterei permissões e restaurei.

    Aparentemente desbilitei alguns plugins e resolveu um pouco, mas agr aparece a mensagem:

    HTTP ERROR