em Couch potato, Etc

Na Saudade…

É verdade que desde que me tornei pai, o tempo que tenho dedicado a assistir televisão tem diminuído quase tão vertiginosamente quanto o tempo que estou dedicando a postar novo conteúdo por aqui. Mas mesmo assim, se tem uma coisa que eu — que vivi minha infância na década de 80, rodeado de determinados programas que hoje em dia não são encontrados mais por aí — simplesmente adoro é assistir a desenhos clássicos. A coisa chega mesmo ao fanatismo, e minha própria esposa às vezes gosta de me lembrar — sem que eu possa tirar-lhe a razão — que parece que eu assino TV via satélite apenas para assistir desenhos animados.

Pois bem. Admito. Adoro assistir a Tom e Jerry, Pantera Cor-de-rosa, Os Jetsons, Hong-Kong Fu, Formiga Atômica e mais uma série de títulos que não citarei, mas que estão igualmente guardados em um local especial na minha memória. Por isso me sinto no direito de defender com unhas e dentes um dos canais mais fantásticos para os saudosistas de plantão como eu: O Boomerang. Mas o fato é que o espaço para quem é saudosista está cada vez menor. E o canal do qual tanto gosto nunca mais será o mesmo, a partir do próximo dia 3 de abril.

Primeiro foram boatos. Depois, durante o mês de março, fui coletando uma ou outra informação aqui e ali, até que recebi um golpe definitivo: O próprio Boomerang passou a veicular, em sua programação, o anúncio de que a partir de abril sua programação irá mudar. Começando pela identidade visual, que nem de longe lembrará aquela que já conhecemos há tempos, o canal empurrará os saudosistas, espremendo a todos em um bloco veiculado todas as madrugadas, à partir da meia-noite, e usará sua grade para concorrer com outros canais, como Disney e Nickelodeon, trocando os clássicos por animações e séries infanto-juvenis mais “descoladas” para as crianças comercialmente rentáveis para seus acionistas.

A justificativa dos dirigentes do canal foi de que eles precisavam se adaptar à demanda da América Latina, diferente da do restante do mundo. E é uma pena saber que é realmente isso que esteja ocorrendo, pelo menos aqui no Brasil: As crianças têm um interesse cada vez menor pelo que é clássico, divertido e de boa qualidade, em favor de desenhos como Dragonball Z e uma série de outros, que a meu ver têm teor educacional nulo. Filhos de amigos meus, meus primos e sobrinhos menores cada vez mais assistem a tais desenhos. E enquanto isso, no restante do mundo, o canal continuará como é hoje:

Apesar da mudança na América Latina, o Boomerang continua sendo um canal de clássicos nos outros países em que está no ar, inclusive nos Estados Unidos. “O mercado aqui é diferente e todos estão esperando para ver como será o desempenho do canal no Brasil”, diz [Barry] Koch, [gerente-geral do Boomerang para a América Latina]. [Fonte]

Embora espere-se para que o desempenho do novo canal no Brasil seja medido — e talvez as coisas até voltem a ser como são até o dia 31 de março de 2006, eu acho mesmo é que, ao invés de dividir a programação em módulos identificados por cores, a Turner Broadcasting System — que detém os direitos do Cartoon Network e do Boomerang — deveria criar um terceiro canal para exibir sua nova programação.

Assim, todos ficariam felizes: O público infantil e adolescente, os acionistas da empresa, que poderiam continuar a competir com os demais canais de igual pra igual e eu e mais uma de gente que conheço, já que continuaríamos a ter acesso aos programas de nossa infância irrestritamente. No entanto, enquanto a família de canais permanece com apenas dois membros no Brasil, infelizmente o Boomerang parece mesmo é que vai ficar na saudade para mim. E isso é uma grandessíssema pena

Escreva um comentário

Comentário

  1. Não tenho acesso a TV por assinatura, mas sempre que estou de bobeira assisto a alguns destes clássicos que a SBT ainda mantém na sua programação. Sou bem eclético em relação a desenhos, gosto tanto de Tom e Jerry, quanto de Dragon Ball, passando por material mais cult, como Evangelion, e desenhos moderninhos americanos, como X-Men Evolution. Mas, uma coisa é inegável: o Boomerang, pelo que já li e ouvi a respeito, tinha um diferencial, que infelizmente está se perdendo aqui no Brasil. O que nos resta fazer é torcer para que Sílvio Santos continue transmitindo o Bom Dia & Cia., e o mais importante, com desenhos clássicos. Continuando assim, dá até pra encarar aqueles moleques pentelhos que apresentam o programa, hehe!

    []’s

  2. Meu amigo, acho que o Sr.Barry Koch deu um tiro no pé. Meu filho com 5 anos parou de assistir o canal, minha filha de 14 também e, eu com 41 que adorava a pantera cor de rosa, além de ficar sem os desenhos que eu gosto, sou mais um que não vai mais assitir. Espero que o Sr. koch não se enjoe de ver sozinho seu novo canal.
    abraços e até.

  3. Oi Daniel, estou muito chateada com a mudança, mas queria saber se você pode me informar aonde eu acho para comprar o DVD dos desenhos da Pantera Cor-de-rosa…Um abraço e obrigada