Solteirice Prejudicial

Eu sou um cara que se casou muito cedo. Sério, aconteceu quando eu tinha 21 anos de idade, apenas. Mas eu considero que isso foi porquê eu encontrei a pessoa certa já naquela época. Por isso continuo muito bem casado até hoje, e espero que assim seja por muitos e muitos anos. Acontece que grande parte de meus amigos é solteiro — ou solteira. Assim sendo, eu não poderia deixar de me preocupar após ter lido uma notícia ontem, divulgada através do site do Terra.

Acontece que, para esses meus amigos, principalmente aqueles que já passaram dos 30 anos, as coisas estão ficando meio perigosas: É que ser solteiro nesta idade pode encurtar a vida tanto quanto fumar! Essa foi a descoberta realizada através de uma pesquisa, liderada pelo professor Andrew Oswald, da Universidade de Warwick, no centro da Inglaterra. Segundo suas descobertas, os solteiros tendem a ter um estilo de vida pouco saudável, que acaba por encurtar a vida.

“…as pessoas que não se casam bebem mais álcool porque saem mais com os amigos, comem muito e trabalham mais por falta de um companheiro”.

Enquanto isso, para quem é casado, as coisas são diferentes. Os hábitos mudam e as pessoas têm mais saúde. Ou seja, o casamento é responsável por manter as pessoas vivas, enquanto que, segundo palavras do próprio professor, os riscos de ser solteiro são similares “ao de ser um fumante”. Por isso, meus amigos — leitores assíduos ou não —, uma coisa é certa: Se você estava pensando em dar o grande passo mas não tinha uma motivação a mais, chegou a hora. Quero ver se alguém que é solteiro convicto vai se casar depois dessa…

em Etc | 293 Palavras

O Bronze de Ouro

O incidenteA medalha de ouro do vôlei masculino do Brasil foi a quarta que ganhamos na Olimpíada de Atenas. Esse foi um feito histórico, e representa a melhor marca do Brasil nas Olimpíadas em todos os tempos. No entanto, poderíamos estar com cinco medalhas de ouro. Vanderlei Cordeiro de Lima, do Atletismo do Brasil, com 35 anos de idade, acabou ficando com a medalha de bronze na maratona masculina, última prova destas competições.

O detalhe é que Vanderlei foi prejudicado. A poucos instantes da linha de chegada da prova, o brasileiro liderava a competição, quando foi agarrado por um fanático religioso que quase o derrubou no chão ao empurrá-lo, depois de ter furado o cordão de isolamento realizado em Atenas. Acontece que Vanderlei estava com 45 segundos de vantagem para o segundo colocado, e apenas após ser auxiliado por torcedores e seguranças, voltou a correr em seu ritmo normal.

Tarde demais. Sua diferença havia caído para 11 segundos, e ele não a conseguiu manter. Uma pena para o Brasil, e, ainda que nosso comitê olímpico tenha manifestado a vontade de recorrer contra a decisão, as notícias que recebo pela televisão neste instante não são nada animadoras. Parece mesmo que vamos ficar com o bronze. Aliás, parece não. É certeza. A premiação já foi realizada… A Federação Internacional de Atletismo resolveu manter o resultado porquê não prevê anulações ou recolocação por motivos como este. É uma pena, realmente.

Quanto ao invasor, identificado como o fanático religioso irlandês Neil Horan, que tinha um cartaz de protesto envolvendo Israel colado às suas costas, que coisa, hein? Ele já esteve envolvido em outros incidentes ligados ao esporte. Segundo apurei, no ano passado, ele invadiu o circuito de Silverstone, no GP da Inglaterra de Fórmula 1, e arriscou sua própria vida: Poderia ter sido atropelado por uma das máquinas…

De qualquer forma, não há o que possa ser feito. Não quero falar de vitória moral para o Brasileiro. Eu só quero dizer que a sorte parece não ter estado 100% do nosso lado nesse caso… E é uma pena. 🙁

em Etc | 373 Palavras

V��LEI DE OURO!


Vôlei de Ouro!

Sensação de alma lavada, essa que eu estou sentindo agora!! Chorei pra caramba desde o momento em que o Sartoretti bateu a mão na antena da rede e garantiu pra nós, brasileiros, o último dos pontos desta caminhada olímpica do vôlei! Desde a fase inicial do vôlei masculino algo já me dizia que o tie breaker entre Brasil e Itália, terminado em 33 a 31, seria, nada mais, nada menos, do que a antecipação da final olímpica.

E que final foi essa, gente? O Brasil saiu na frente, fechando o primeiro set. No segundo set, no entanto, os italianos tiraram força de seu interior e nos ameaçaram, igualando o placar do jogo. O terceiro e o quarto sets, ganhos pelo Brasil, me fizeram roer as unhas! Ainda bem que o ponto final veio mais tranquilo do que na primeira fase, porquê senão não teria mais unhas disponíveis!

Mas tudo bem: O Brasil venceu por 3 sets a 1, parciais de 25/15, 24/26, 25/20 e 25/21, e conseguiu conquistar a quarta medalha de ouro em Atenas. Esse é o melhor resultado na história do nosso país quando estamos falando em Jogos Olímpicos. Há algumas coisas que eu acho que merecem ser mencionadas nessa vitória. Em primeiro lugar, a arbitragem.

Alguém sabe como são escolhidos os árbitros das finais olímpicas? Eu não sei. E sinceramente, gostaria que alguém me esclarecesse a esse respeito. Sinceramente, eu não sei de onde tiraram todo o conjunto. Os dois árbitros de rede e os bandeirinhas — estes, tudo bem, em menor grau —, pareciam completamente perdidos em alguns momentos. Bolas nitidamente ganhas pelo Brasil em aces espetaculares (aliás, quantos aces em uma só partida, hein?) que foram consideradas fora pelos juízes. Mão da Itália no block, e bola que é considerada fora. Tudo bem, o juíz principal também cometeu erros que favoreceram o Brasil, mas tudo isso me faz pensar que a arbitragem foi um show (de gafes) à parte neste jogo.

Queria também falar sobre a Itália. Nós ganhamos o jogo, mas a história de encontros entre essas duas seleções sempre foi um show à parte. Nenhuma delas é melhor do que a outra, isso é fato. Há momentos de glória para ambos os lados, e se os nossos momentos de glória têm sido mais freq¼entes, isso sim deve ser comemorado! Os espetáculos e a rivalidade me fazem pensar que Brasil e Itália no vôlei masculino disputam clássicos tão acirrados e em polvorosa quanto Brasil e Argentina o fazem no futebol masculino. Mas essa é outra história. Alguém viu o desconsolo que abateu o Sartoretti quando meteu a mão na antena? Ou a cara do Mastrangelo, que aliás nem deu pra gente ver, já que ele escondeu debaixo da camisa pra chorar quando o ponto final declarou o jogo encerrado e a nosso favor? Esses caras são guerreiros também, e eu quero sim parabenizá-los.

BernardinhoMas o ouro é nosso. E aí chego à última coisa sobre a qual eu quero falar. Alguém de vocês duvida de que 200% da energia do time vem de um homem chamado Bernardo Rocha de Rezende? É o nosso Bernardinho, que há quantos anos vemos no comando de nossa Seleção de Vôlei? Já até perdi a conta. Nunca vi ninguém gritar tanto, se emocionar tanto, roer as unhas — a ponto de quase tirar sangue dos próprios dedos e morder a bola, como bem lembrou minha esposa —, no comando de uma equipe. Perder o sono, parar o jogo, gritar com todo mundo. Puxar as orelhas de craques como Giba, Ricardinho, Dante e Nalbért. Se uma equipe pudesse ser comparada à um relógio — e o Brasil certamente pode ser, porquê é uma das equipes mais constantes do mundo, e a melhor, atualmente —, e, se todo relógio precisa de uma engrenagem mestre para funcionar, então esse cara é a nossa engrenagem. Ele não é um homem comum. Ele é o pai de toda uma era. E essa era, espero que ainda dure muito tempo 🙂 E agora ele, que disse que estava há noites sem dormir, pode descansar em paz. E nós, brasileiros, com o ouro no peito — mais um, o quarto deles, e o mais gostoso de se ganhar —, também.

L’Italia del volley resta d’argento… 😉

Livros que eu quero ler

Ainda preciso terminar algumas leituras pendentes, mas, sem sombra de dúvida, os próximos da minha lista são os seguintes, sem qualquer ordem de preferência:

Olga, de Fernando Morais

A história que você vai ler agora relata fatos que aconteceram exatamente como estão descritos neste livro: a vida de Olga Benario Prestes, uma história que me fascina e atormenta desde a adolescência, quando ouvia meu pais referir-se a Filinto M¼ller como o homem que tinha dado a Hitler, “de presente”, a mulher de Luís Carlos Prestes, uma judia comunista que estava grávida de sete meses. Perseguido por essa imagem, decidi que algum dia escreveria sobre Olga, projeto que guardei com avareza durante os anos negros do terrorismo de Estado no Brasil, quando seria inimaginável que uma história como esta passasse incólume pela censura.

O Código Da Vinci, de Dan Brown

Um assassinato dentro do Museu do Louvre, em Paris, traz à tona uma sinistra conspiração para revelar um segredo que foi protegido por uma sociedade secreta desde os tempos de Jesus Cristo. A vítima é o respeitado curador do museu, Jacques Sauni¨re, um dos líderes dessa antiga fraternidade, o Priorado de Sião, que já teve como membros Leonardo da Vinci, Victor Hugo e Isaac Newton. Momentos antes de morrer, Sauni¨re consegue deixar uma mensagem cifrada na cena do crime que apenas sua neta, a criptógrafa francesa Sophie Neveu, e Robert Langdon, um famoso simbologista de Harvard, podem desvendar. Os dois transformam-se em suspeitos e em detetives enquanto percorrem as ruas de Paris e de Londres tentando decifrar um intricado quebra-cabeças que pode lhes revelar um segredo milenar que envolve a Igreja Católica. Apenas alguns passos à frente das autoridades e do perigoso assassino, Sophie e Robert vão à procura de pistas ocultas nas obras de Da Vinci e se debruçam sobre alguns dos maiores mistérios da cultura ocidental – da natureza do sorriso da Mona Lisa ao significado do Santo Graal. Mesclando com perfeição os ingredientes de uma envolvente história de suspense com informações sobre obras de arte, documentos e rituais secretos, Dan Brown consagrou-se como um dos autores mais brilhantes da atualidade. “O Código Da Vinci” prende o leitor da primeira à última página.

Aliás, alguém aí já leu um dos dois? Ou os dois? Quais as suas opiniões?

em Etc | 413 Palavras

GMailed

Eu nunca fui bom em ganhar prêmio nenhum. Nunca ganhei na loteria esportiva, mega-sena, quina, nem outra loteria qualquer. Nunca ganhei rifa. Nunca fui de dar sorte em sorteio. Nunca nem frango de bingo de festa junina eu levei pra casa. Mas dessa vez a Dona Sorte resolveu me sorrir, e eu confesso que fiquei muito feliz ao receber um convite para o serviço de e-mail mais cobiçado do momento.

Do Neto Cury, meu padrinho de GMail:

Caraca, fiquei muito contente que foi você o primeiro a pedir o convite para o Gmail, pois ficaria muito chateado se fosse uma pessoa que não frequenta o meu blog rotineiramente.
Abraços e já estarei enviando o convite.

Neto, valeu mesmo. Agora estou na fase da exploração de possibilidades do serviço. Mas realmente estou muito feliz com o seu convite, ok? E é claro que as minhas visitas ao seu blog vão continuar, como sempre 🙂

Ao resto do pessoal, só um aviso: Os convites do GMail são limitadíssimos, e eu já percebi que o Google é quem, aleatoriamente, disponibiliza alguns deles. Assim sendo, caso eu tenha algum disponível, deixo aviso por aqui e faço uso da mesma moça que já ajudou o Neto: A Dona Sorte.

em Etc | 214 Palavras

Chung-Kwei

Da IBM vem uma novidade impressionante no que se trata de combate aos famigerados e-mails não-solicitados, vulgarmente conhecidos como SPAM. É que pesquisadores do Centro de Pequisas TJ Watson, da empresa, acabam de desenvolver o primeiro filtro genético para barrar spam de que se tem notícia na história. Bom, pelo menos, o primeiro do qual eu tenho notícia.

O algoritmo pode ser treinado a não ser enganado por trocas de S por $, um artifício usado por empresas e pessoas que enviam spams para burlar filtros convencionais.

Ele compara o seu vocabulário com o de e-mails que não contêm spams. Uma mensagem que chega na caixa de entradas do computador vai ser rejeitada se contiver uma grande proporção do mesmo padrão de vocabulário.

O filtro, batizado de chung-kwei, na verdade é um algoritmo que resulta em uma fórmula matemática, capaz de aprender o vocabulário utilizado pelos spammers de plantão. A coisa é tão eficiente que chega a 96,5% de acertos com relação às mensagens que passam pelo seu crivo. Isso significa dizer que, no teste realizado pela própria IBM, apenas um e-mail entre 6 mil deixou-se passar Na verdade, como muito bem observou o André, a quantidade de e-mails que o filtro deixa passar ultrapassa os duzentos!

Um algoritmo tão eficiente assim é exatamente o sonho de qualquer um que recebe e-mails em quantidade considerável. Ainda está em fase de testes, no entanto, o que significa que pode levar um tempo até que seu uso se torne mais acessível. No entanto, será que esse pessoal está precisando de algum beta-tester? 🙂

em Etc | 277 Palavras

Scheidt de Ouro!

Demorou pra caramba, mas finalmente a primeira medalha de ouro saiu para o Brasil nestas olimpíadas. Ela foi para Robert Scheidt, que a ganhou vencendo a competição de Vela na classe Laser.

Em número total de medalhas, Scheidt está atrás apenas do nadador Gustavo Borges ââ?¬â?? duas pratas e dois bronzes ââ?¬â?? e do velejador Torben Grael ââ?¬â?? um ouro, uma prata e dois bronzes e que ainda compete na classe Star em Atenas, com chance de pódio.

Com um total de 13 medalhas nos Jogos Olímpicos, a vela brasileira passa a ser o esporte com mais medalhas no país! Olhem só a repercursão na mídia:

Scheidt conquista o ouro e torna-se o maior atleta olímpico do país na história
Scheidt ganha 1ú ouro do Brasil em Atenas e seu 2ú ouro nos Jogos
Brasil, enfim, é ouro em Atenas com Scheidt

É isso aí!!

em Etc | 149 Palavras

Namoros que Salvam

Eu já vi — e até mesmo posso dizer que presenciei — diversas manifestações de fé em Deus em toda a minha vida. Acho muito bom que alguém queira divulgar as Palavras Sagradas e os Ensinamentos. Acredito que a religião é o caminho pra que as pessoas encontrem ao menos um pouco de paz, e também respostas para suas dúvidas mais íntimas. Agora, há de se convir que existem certas idéias mirabolantes que chegam a ser extremamente duvidosas, para não dizer cômicas.

Vocês conhecem o Date to Save?

Not only can we date cute guys, but hopefully we can lead them to God and save them from the burning fires of Hell. I’ve outlined a few tips to help you date cute heathen guys, step-by-step.

A idéia do Ministério, criado por uma mulher que se identifica apenas como Tamara, vocês já perceberam. Namorar diversos caras interessantes que estejam afastados de Deus, para que assim se possa encaminhá-los e evangelizá-los corretamente.

O site conclama o auxílio de todas as mulheres atraentes do Senhor, que podem namorar um cara até que ele esteja devidamente evangelizado, devendo então partir para um novo namorado (note, entretanto, que a fundadora da ordem deixa bem claro que suas seguidoras devem namorar um rapaz de cada vez, afinal Deus não prega a bigamia, muito menos a poligamia).

Era só o que faltava!

Em tempo: Um comentário do Metafilter, de onde eu busquei esta pérola, afirma que esse site não passa de uma sátira. Tem toda a pompa, mesmo, não acham? 🙂

em Etc | 274 Palavras

Rankings Alternativos

Nem só de competições esportivas vivem as Olimpíadas de Atenas. Há também uma série de competições paralelas realizadas por lá, pelo menos de acordo com a mídia internacional. O tablóide inglês The Sun, por exemplo, resolveu eleger o bumbum mais bonito dos Jogos Olímpicos. E nesse caso, pelo menos, já somos medalhistas de ouro.


Bumbuns bonitos

Ana Paula Connelly teve seu bumbum eleito como o mais bonito das olimpíadas. Em segundo lugar, após a jogadora brasileira que faz dupla com Sandra Pires, vieram a holandesa Rebekka Kadjik, a chinesa Jia Tian e a australiana Nicole Sanderson. Mas claro, cá pra nós: As brasileiras lideram de longe qualquer ranking nesse tipo de esporte, vocês não acham?

em Etc | 127 Palavras

Messing@Skype


Tylenol

Isso é o que dá falar com alguém no Skype, quando este alguém está doente!! 🙂

em Etc | 16 Palavras

Inimaginável?

Folheando a edição de agosto de Exame Informática que acabei de receber hoje, encontro na seção Clique Final uma constatação que parece absurda, mas que, segundo os editores, é a mais pura verdade:

O BANHEIRO É MAIS LIMPO QUE O PC?

Um estudo do microbiologista americano Charles Gerba diz que um computador tem 400 vezes mais germes do que um assento sanitário. Segundo Gerba, a explicação está no fato de os banheiros serem limpos com maior freq¼ência [ ahhhh, diga a verdade: você raramente lembra de limpar seu teclado, quem dirá o micro todo? ].

Para aqueles que eventualmente não usam o computador (o que não é o seu caso, pois está lendo este post aqui), uma notícia não muito agradável: Na liderança do ranking de germes está o cotidiano telefone, que possui 25127 germes por polegada quadrada, seguido do computador (20961) e do assento sanitário, com 49. Pode acreditar!!!

em Etc | 155 Palavras

AM do mal?

[ Via Slashdot ] Um recente estudo conduzido por cientistas coreanos pode acabar pondo medo em muita gente. É que os pesquisadores descobriram que os casos de leucemia têm uma taxa de ocorrência 70% maior em regiões onde há torres de transmissão de rádios AM. E este não é o primeiro estudo do gênero: A mesma nota da IDG Now que diz que transmissores de rádio AM podem ser prejudiciais também afirma que há cerca de dois anos pesquisadores italianos já haviam feito a mesma descoberta estudando os casos de leucemia entre os que moravam a até 2 milhas de distância da rede de transmissores do Vaticano.

Embora nós que somos leigos possamos cogitar que os transmissores AM tenham alguma participação no fato, é cedo para fazer afirmações mais precisas, já que há vários outros estudos anteriores que nunca foram muito convincentes. Esta, pelo menos, é a palavra de Mary McBride, epidemiologista da British Columbia Cancer Agency, que chefiou diversos estudos similares no passado. Portanto, não é necessário que saiamos jogando nossos velhos radinhos AM pela janela, com medo. Pelo menos por enquanto. A menos que junto deles joguemos fora também nossos rádios FM, televisores, celulares e microondas. É como diz um conhecido meu: Se for pensar em tudo o que causa câncer, ao menos supostamente, então não vou mais comer, beber, dormir nem utilizar qualquer aparelho eletrônico.

Acho que ao menos por agora este meu amigo está com a razão.

em Etc | 254 Palavras

Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban

AzkabanTudo o que me disseram realmente se confirmou, e, pra mim, pelo menos, Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban (IMDB) se tornou o melhor dos três filmes até agora realizados com base nas histórias de J.K.Rowling a respeito do menino bruxo. Talvez em parte pela mudança de diretor, já que os dois filmes anteriores haviam sido dirigidos por Chris Columbus, enquanto que este foi dirigido por Alfonso Cuarón. A visão é bem diferente. Em vários aspectos.

O Prisioneiro de Azkaban é mais envolvente. Mais misterioso. Mais sombrio. A história parece ser contada de uma forma que acaba te fazendo ficar preso à poltrona até o último instante. Eu li todos os livros de Harry Potter até agora, e assistiria o filme de qualquer maneira, é verdade. Mas há um quê diferente na história que a torna ainda melhor de acompanhar, mesmo sabendo que — nem de longe — todos os detalhes da terceira aventura foram cobertos. De qualquer forma, valeu a pena ver. O que eu já devia ter feito há tempos.

O terceiro filme começa quando Sirius Black, perigoso assassino, escapa de Azkaban, a prisão-bruxo mais bem vigiada que se conhece, driblando diversos Dementadores: Seres que podem sugar todos os pensamentos felizes de um bruxo e deixá-lo em transe profundo. Como escapou é um mistério, enquanto que o porquê de sua fuga é explicado de boca em boca: Sirius deseja matar Harry Potter, segundo acredita-se, porquê este é a única barreira entre seu antigo mestre, Lord Voldemort, e a sua retomada de poder. Conseguirá Harry escapar de um destino trágico em seu terceiro ano na escola de Hogwarts? Assistam e comprovem. Muito bom.

em Etc | 284 Palavras

No Pique de Nova York

Poster New York MinuteMais um filme que vi durante as férias e que eu precisava comentar aqui. No Pique de Nova York (IMDB) conta mais uma história com as gêmeas Olsen: Mary-Kate, que vive Roxy, e Ashley, que vive Jane Ryan.

No filme as duas são irmãs com gênios completamente opostos: Enquanto Jane é uma menina extremamente aplicada aos estudos, em contra-partida precisando de uma agenda pessoal para saber cada passo que vai dar a seguir, Roxy, sua irmã, é o oposto. Também é aplicada, mas à arte de matar aula. Cada dia inventa uma desculpa diferente.

O filme conta a história das duas, sendo que Jane está prestes a fazer um discurso, enquanto que a irmã, em mais uma de suas escapadas geniais, prefere ir à uma filmagem de video-clipe de uma banda de rock ao invés de estudar. As duas se vêem em maus lençóis quando um inspetor escolar começa a perseguir Roxy, e a irmã, Jane, acaba perdendo a agenda com seu precioso discurso junto. O que elas farão?

Como eu já esperava desde o início, o filme é uma comédia light. Parece na verdade um típico filme de sessão da tarde, programa para que toda a família possa apreciar junta. Algumas das situações em que as duas irmãs se metem são bem cômicas, enquanto que outras chegam a ser forçadas. No geral, é apenas razoável, em minha opinião.

em Etc | 249 Palavras

Orkut x Multiply

Além de me dedicar à arte de blogar, ler notícias, feeds RSS e e-mails, além de baixar filmes e CD’s completos via Shareaza, acabei aderindo à febre que toma conta de muitos brasileiros que possuem vida on-line ultimamente, e cedi à tentação de me filiar ao Orkut, a tal rede social on-line, onde você se torna uma figurinha que convida outras pessoas para também se tornarem figurinhas.

O convite foi feito por um grande amigo meu, e eu confesso que gostei muito de recebê-lo, coisa que aconteceu há cerca de dois meses atrás. Afinal de contas, quem seria eu se não estivesse empolgadíssimo por (puxa!) finalmente (!!!!) receber um convite para me juntar à rede que é até agora o assunto mais comentado nos bate-papos on-line e não on-line? Fui até lá e fiz meu cadastro. Obviamente, logo em seguida, comecei a convidar todos os que eu conheço (pessoalmente e apenas on-line), para também aderirem à mania. Alguns já aderiram, outros ainda não conseguiram. Dizem que os convites pro Orkut falham, ou que o serviço é lento. Realmente é muito lento. E não é — como afirmam lendas urbanas que rolam por aí — mudando sua nacionalidade que você torna tudo mais rápido. A menos que você acredite em Papai Noel e Coelho da Páscoa.

De qualquer forma, ali me vi, em meio ao Orkut. Legal! Agora tinha minha própria coleção de figurinhas. Sim, figurinhas, aquelas fotos dos seus amigos, que muitas vezes nem fotos são, e que ficam listadas do lado direito da tela. A experiência do Orkut começou a se mostrar legal pra mim: Encontrei, em meio às minhas figurinhas, muita gente que eu não via há muito tempo. Velhos amigos da escola, de empregos anteriores, amigos on-line, etc. Foi algo maravilhoso, algo que não podia conceber realizar se não houvesse um veículo pra facilitar o reencontro. E o veículo se chamava Orkut.

Mas o que havia além da coleção de figurinhas?

Continuar lendo

Página 1 de 212
em Etc | 1,126 Palavras

A Lenda da Caneta Bic

Essa história que eu recebi por e-mail é tão hilária que eu não podia deixar de postá-la aqui. Apesar da mensagem ser grande, é bastante divertida, e vale a pena ler.

O PERIGO DAS CANETAS BIC

Acredito que sempre que pensamos em “caneta”, temos uma imagem projetada em nossa mente, a qual diz respeito às famosas canetas BIC. Esta marca de canetas, que investe pouquíssimo em propaganda, fixou uma imagem muito forte diante a tantas outras marcas e modelos.

Você já se perguntou como isso aconteceu? Certamente responderá que por esta ser uma caneta barata, simples e de fácil acesso, tornou-se “convencional” o seu uso no dia-a-dia, desde a escola até a empresa onde você trabalha. Pois bem, a resposta não é assim tão simples!

Documentos secretos encontrados no final do ano de 2001 indicam um envolvimento direto da NASA com a BIC. Também foram encontrados documentos oficiais da NASA, onde estavam registrados estudos sobre uma possível invasão de sondas extraterrestres ao Planeta Terra.

Acredite ou não, estamos sendo vigiados há anos sem percepção alguma. De fato, conclui-se que as canetas BIC são, sem sombra de dúvida, sondas extraterrestres que nos inspecionam diariamente, desde nossa infância até hoje: em casa, na escola, na universidade, nos hospitais, no trabalho, em tudo. Certamente você está exposto a uma caneta BIC neste exato momento: olhe ao seu redor e dificilmente num raio de 15 metros não haverá uma sonda.

Agora pense comigo:

Ao nascer você é registrado com uma caneta. Ao entrar para a escola/universidade também. Tudo o que você escreve, desde estudos até cartas de amor, é escrito com uma caneta, ou seja: Estes seres que nos
observam sabe de absolutamente TUDO sobre TODOS.

O verdadeiro significado da marca BIC é Big Inspekto Center (ou Centro de Grandes Inspeções). No logotipo da BIC notamos um alien tentando esconder atrás dele seu maior segredo: uma caneta, que pode contar toda a história de todos os tempos (simbolizada pelo traço preto atrás do alien).

Vejamos agora algumas dicas que nos levam a propor esta idéia:

  • As canetas BIC são facilmente encontradas para serem vendidas. Porém, depois que você já a possui, ela sempre aparece em diferentes locais e você nunca se questiona se realmente a havia deixado onde você a encontrou.
  • Mesmo que você compre apenas uma caneta BIC, certamente encontrará várias no local onde a deixar. Elas se multiplicam rapidamente, sem ser perceptível a nós, que somos dotados de uma visão banal em comparação à visão alienígena.
  • Após poucos meses, a caneta que você havia comprado simplesmente desaparece. Isso é facilmente decifrável se pensarmos da seguinte maneira: tudo necessita de energia para sobreviver (o homem, o carro, as plantas, sua TV), e ao acabar esta energia, ela precisa ser reposta. Assim, as sondas BIC têm um período de vida curto, e assim, quando se encontram gastas, elas simplesmente se desintegram para uma possível recarga.

A mensagem que quero deixar é que você tenha muito cuidado ao se deparar com estas canetas-sondas, principalmente com as sondas mais avançadas, vulgarmente chamadas de BIC 4 Cores, BIC 2 Cores ou mesmo a tão temida e perigosa BIC VERDE. Esta última jamais deve ser colocada presa em cima da orelha, pois além de enviar dados e informações sobre você para os alienígenas consegue influenciar de maneira drástica sua forma de pensar, tornando-o um escravo a serviço alienígena. Torno a repetir:

CUIDADO COM A MANIPULAÃ?â?¡Ã?Æ?O ALIEN!

Já estamos todos envolvidos nisso. Tentar qualquer forma de fuga ou apatia não é aconselhável. Saiba lidar com elas! Desta forma acredito que não mais estaremos expostos a uma ideologia alien, e poderemos defender o que realmente pertence a nós: o Planeta Terra!

Serviço Secreto União dos povos.

em Etc | 659 Palavras