em Etc

Sem WWW

E agora fiquei sabendo através do MeFi que um grupo de pessoas decidiu organizar um protesto contra a colocação de www na frente dos endereços web. Este grupo de pessoas conta, inclusive, com um site na web, cujo endereço, obviamente, não possui o prefixo. Esse tipo de iniciativa pode causar muita discussão, se pararmos para pensar a respeito.

Quero dizer, quantos de vocês digitam endereços iniciados por www? Particularmente, eu me vejo dividido entre fazer isso e não fazê-lo. Na maior parte das vezes, eu acabo deixando as três letrinhas de lado, mas, se analisarmos friamente a coisa, existe pelo menos uma utilidade para o prefixo, que é indicar que tipo de serviço será acessado por um usuário, caso digite um endereço via navegador. Por exemplo, poderia haver www.servidor.com para um serviço HTTP, ftp.servidor.com para um serviço FTP, mail.servidor.com para o servidor de e-mail, e assim por diante. Quero dizer que, como a maioria dos que aqui comentaram, concordo com uma coisa: Remover o www dos endereços é precipitado. O que precisa haver é o suporte para ambos os formatos: Assim, quem quiser, digita. Quem não quiser, deixa de fora, não é?

Ah, só mais uma coisa… eu não sabia, mas os americanos pronunciam http:// como hitty-ping. A gente nunca pára de aprender…