em Etc

Só na Ficção?

Aqueles que, como eu, já leram as histórias de Harry Potter, o menino-bruxo que estuda em Hogwarts, fenômeno criado pela escritora J.K.Rowling, sabem que ele é um produto da ficção, invenção da imaginação de uma pessoa. Por isso não é de se espantar que, na história, logo no primeiro livro, o personagem seja apresentado como alguém que dorme no armário embaixo da escada. Os seus tios, cruéis, o fazem dormir ali por saberem que há algo de diferente com ele, e, conforme Harry ganha novos poderes e os entende, faz com que a situação mude, passando a ocupar um quarto normal. O desenvolvimento da trama é, nesta situação, muito divertido…

Quando coisas como estas acontecem na vida real, no entanto, não são nada divertidas. Não há gente dormindo em armários embaixo da escada, no entanto. É muito pior. No Quênia, um rapaz de 18 anos foi descoberto na região central, apresentando machucados, arranhões e outros sinais de maus tratos recebidos de sua madrasta, que o forçou a dormir em um galinheiro por dezoito anos seguidos! O fato foi confirmado por seu meio-irmão, e pela vizinhança, que disse que a madrasta do rapaz – que sofre com problemas mentais – apresenta mesmo traços de crueldade, sendo evitada pelo vilarejo onde moram.

Triste.